Pernambuco Nação Cultural

Mais recentes


Avançada

O sonho e o ouro

06/05/2017 - 14:39
Autor(es): Gilmar Pereira Lima

O sonho e o ouro
Põe teu sonho e teu ouro em lugares diferentes
Para que ninguém faça com que um corrompa o outro.

Sê como a rocha imbatível
Que suporta as intempéries da vida
E conserva a generosidade
Permitindo que a água da chuva
Corra sobre sua superfície
Para renovar o leito dos rios.

O sonho alimenta tua alma; o ouro, tua matéria.

Põe teu sonho então em lugares realizáveis;
Teu ouro, em recantos que só tu tenhas acesso.
Não reveles jamais onde guardas teu ouro!
Menos ainda, teus sonhos!
Apenas, conserve-os como se fossem únicos;
Mas, cada qual em seu recanto.

E entendas o seguinte:
Desses dois, por mais que queiras conservá-los
Intocáveis, invioláveis, tão protegidos...
Um (des)gasta-se…

6 recomendações
435 acessos

  • Todos direitos reservados (Copyright)

Veja mais

Veja mais

Mais recomendados

Caminhando pelo passado

Caminhando pelo passado

Fundarpe

755 recomendações


Mais acessados


Conteúdo sob Licença Creative Commons